segunda-feira

TAXISTA É MORTO A FACADAS POR TRAVESTI DURANTE ASSALTO

O crime ocorreu na tarde deste domingo (18) na Rua Tambaqui com Matrinchã, bairro Lagoa, em Porto Velho. Um taxista, identificado como Manoel Orlandino Lemos Farias, 70, ( AAM - 739), foi morto a facadas durante um assalto. O autor do crime, o homossexual Alessandro G. L., 29, tentou fugir, mas foi detido por populares e surrado.

Conforme relatos colhidos junto a polícia, o travesti teria solicitado uma ocorrida com o taxista e ao chegar no local sacou uma faca e anunciou o assalto. A vítima teria esboçado reação e foi atacada com pelo menos cinco golpes, na região do pescoço, tórax e braço.

Em seguida,  Alessandro roubou dinheiro, o celular da vítima e evadiu-se. Testemunhas viram o suspeito em fuga e o perseguiram. Ele foi interceptado na Rua 4, bairro Agenor de Carvalho. Ele estava com a faca usada no latrocínio e o material do roubo.

Revoltada com o crime cometido, a população espancou o travesti com socos e pauladas. 


Uma equipe da PM foi ao local e conduziu o suspeito para a Central de Flagrantes. Alessandro confessou o crime e disse que queria dinheiro para comprar droga. O corpo do idoso foi removido para o IML. Dezenas de taxistas estiveram no local do crime e demonstraram muita indignação com a morte do companheiro de profissão.


RONDONIAOVIVO


EmoticonEmoticon