sábado

O ÚLTIMO ADEUS A JOCELIO SILVA



O cortejo fúnebre foi umas das cenas mais emocionantes e que ficará marcado na memória de muita gente. Mais de 200 motocicletas incluindo pilotos do motocross, esporte que era amado por ele Jocélio Silva, que também era um piloto de muitas vitórias.

O enterro de Jocele Silva, realizado na manhã de sexta-feira, 30 de março, causou uma grande comoção, o caixão que foi translado na caçamba de um veiculo Saveiro, e ao lado de sua moto de competição foi o que chocou a todos.

O cortejo que saiu do Cemitério Jardim Eterno, onde o corpo era velado seguiu em um ritmo diferente, passou por algumas lugares íngrimes, representando uma trilha, coisa que também Jocélio Silva, mais gostava de fazer nos seus dias livres. Chegando no Cemitério São Francisco, onde seu corpo foi sepultado uma multidão já aguardava para dar mais uma vez o seu último adeus ao piloto de motocross que sempre vencia as competições e colecionava troféus e que por essa vez não venceu uma terrível batalha contra a doença. Mais ela não lhe venceu a força de sempre continuar lutando, a fé foi o que mais lhe mantinha.

Foto: Washington Sousa | imagem com direitos autorais
Repórter Fotográfico.


EmoticonEmoticon