quinta-feira

GUERRA TRAVADA NAS RUAS DA GRANDE FORTALEZA ENTRE CV E GDE DEIXA 12 MORTOS NAS ÚLTIMAS 48 HORAS


Um dos crimes ocorreu na porta de uma delegacia da Polícia Civil, em Maracanaú. No bairro Colônia, na zona Oeste de Fortaleza, um jovem foi executado com cerca de 10 tiros na cabeça. A Polícia prendeu quatro suspeitos.


A guerra entre as facções criminosas Comando Vermelho (CV) e Guardiões do estado (GDE) fez mais 12 mortos nas últimas 48 horas na Grande Fortaleza. Nove pessoas foram assassinadas na Capital e outras três na Região Metropolitana (RMF). Em Maracanaú, um novo confronto a tiros ocorreu na noite desta quarta-feira (22), mobilizando a Polícia Militar. Um dos tiroteios com morte ocorreu em frente a uma delegacia da Polícia Civil.


Entre terça-feira e quarta, foram nove mortos nas ruas de Fortaleza. Os crimes aconteceram nos seguintes bairros: Granja Portugal, João XXXIII, Siqueira, Jacarecanga, Passaré, Edson Queiroz, Serrinha, Colônia e Parque São José. Na Região Metropolitana de Fortaleza ocorreram outros três crimes de execução sumária, sendo dois em Maracanaú e outro em Pacajus.

Na tarde de ontem, um jovem foi morto com cerca de 10 tiros – a maioria na cabeça – na Rua Francisco Calaça, no bairro Colônia, na zona Oeste da Capital. Horas depois, a Polícia Militar prendeu quatro suspeitos na Barra do Ceará. Os bandidos estavam armados e trafegavam em um carro roubado e clonado. Os quatro foram encaminhados ao plantão do 7º DP (Pirambu).

Também na tarde de ontem, um jovem de 19 anos foi fuzilado dentro do seu carro. O crime ocorreu no bairro Parque São José, divisa com a Vila Manoel Sátiro. Thales Constantino era suspeito de ter participado da morte de um policial militar (subtenente PM) ocorrida recentemente e, segundo a Polícia, era envolvido com facções e usava uma tornozeleira eletrônica. O crime foi praticado por desconhecidos que estavam em um carro e motocicletas.


Mais sangue

Já no começo da noite, um tiroteio em frente a uma delegacia da Polícia Civil no Conjunto Jereissati, em Maracanaú (RMF), terminou em morte. Um homem identificado como Mário Lúcio de Sousa Júnior, 20 anos, que seria integrante da facção criminosa Comando Vermelho (CV), foi executado com tiros na cabeça e no rosto. Nas redes sociais, comparsas teriam dito que haverá “cobrança”.

Na noite de quarta-feira, o jovem Antony Rony Braga dos Santos, 20 anos, também foi executado. O crime aconteceu na Rua Felipe Camarão, no bairro Jacarecanga. O rapaz seguia a pé pela rua quando foi perseguido e morto com vários tiros de pistola disparado por ocupantes de um carro.

No bairro Edson Queiroz, uma mulher foi assassinada, a tiros, na Rua Otávio Rocha, na comunidade do Dendê. Ela havia saído de casa, no Distrito de Jurema, em Caucaia, em um carro de aplicativo e estava com o filho de 1 ano, quando foi executada. A vítima não foi ainda identificada. Na noite de ontem, duas mulheres (uma adulta e uma adolescente) foram detidas como suspeitas de envolvimento no assassinato.

Fernando Ribeiro


EmoticonEmoticon