quarta-feira

MEMBROS DE FACÇÃO CRIMINOSA SÃO PRESOS EM FORTALEZA POR AMEAÇAR ELEITORES DE BOLSONARO EM REDES SOCIAIS


Os suspeitos diziam que “toda ação tem uma reação” e que eleitores de Bolsonaro não seriam aceitos na região.


Dois homens apontados como membros da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) foram presos pelo 9o DP (Vicente Pinzón), da Polícia Civil, por ameaçarem eleitores do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) nas redes sociais.

Lucas Cavalcante de Anastácio, de 21 anos, e Alan Izidio Monteiro, 32, foram detidos na manhã da última terça-feira (16), no bairro, após denúncias anônimas.

Segundo a delegada adjunta do 9o DP, Gêrda Monteiro, as denúncias chegaram desde o fim de semana e policiais civis localizaram os suspeitos de espalhar ameaças à comunidade do Vicente Pinzon em publicações nas redes sociais WhatsApp e Facebook.

Os suspeitos diziam que “toda ação tem uma reação” e que eleitores de Bolsonaro não seriam aceitos na região. A dupla foi autuada por organização criminosa. A investigação segue para identificar a participação de outros criminosos e da facção GDE nas ameaças.

 DN


EmoticonEmoticon