segunda-feira

MORADORES PEDEM PUNIÇÃO DO PREFEITO DE URUBURETAMA DENUNCIADA POR ABUSO SEXUAL


Na manhã desta segunda-feira populares se reúnem no centro e em frente à casa do Dr. José Hilson de Paiva de 70 anos à espera de alguma notícia.

Moradores pedem punição contra o prefeito e médico de Uruburetama denunciado por cometer abuso sexual contra pacientes. O caso foi denunciado no programa Fantástico, da TV Verdes Mares, no domingo (14). Na manhã desta segunda-feira (15), populares se reúniram no centro e em frente à casa do Dr. José Hilson de Paiva de 70 anos à espera de que medidas sejam tomadas.

"Eu espero que o prefeito seja punido se tudo foi verdadeiro", disse o morador João Batista. Muitos pedem que o médico seja afastado do cargo de prefeito.

"A partir de agora deveria juntar todos os vereadores e tirar ele do cargo. Colocar um substituto. Ele deve ser afastado ou preso porque isso é caso de prisão. Não deve ficar impune", relatou a dona de casa Maria Janaína, que já esteve em uma consulta uma vez com o médico.

"Espero e creio que aconteça alguma coisa, que realmente seja punido. Gostaria que hoje ele não fosse mais citado como prefeito e sim como ex-prefeito. Como prefeito afastado e preso", disse a comerciante Cristina Moreira de Sousa

O caso

O Fantástico teve acesso aos 63 vídeos gravados pelo médico em consultórios, onde é possível ver claramente cenas de abusos sexuais. Entre 2009 e 2012 pelo menos 23 mulheres, tiveram dezenas de fotos de partes íntimas tiradas pelo médico.

Em 46 gravações José Hilson realizou atendimentos invasivos e com conotações sexuais. Em alguns casos, as pacientes não percebiam a violência. O médico chegava a colocar a boca no seios das pacientes alegando que precisava sugar "secreções".

Ele pedia para a as pacientes se virarem de costas, enquanto elas permaneciam deitadas, apoiadas na maca. Os vídeos mostram ele esfregando o órgão genital, enquanto finge estar colocando o dedo ou aparelho médico.

A Câmara de Vereadores de Uruburetama deve se reunir nesta segunda-feira (15), em sessão extraordinária, para avaliar o início do processo de afastamento do prefeito municipal, José Hilson Paiva (PCdoB).

Diário do Nordeste
Foto: JL Rosa


EmoticonEmoticon