quinta-feira

PF INFORMA QUE CELULARES DO PRESIDENTE JAIR BOLSONARO TAMBÉM FORAM HACKEADOS


De acordo com o Ministério da Justiça, Bolsonaro já foi informado sobre o acontecido.


A Polícia Federal informou ao Ministério da Justiça e Segurança Pública que os celulares do presidente Jair Bolsonaro também foram alvo de ataque do grupo de hackers preso em operação deflagrada nesta terça (23).

“Por questão de segurança nacional, o fato foi devidamente comunicado ao Presidente da República”, afirmou a pasta por meio de nota.

Nesta terça foram presos em São Paulo quatro suspeitos de invadirem o celular do ministro Sergio Moro e de outras autoridades. Uma conta com o nome do ministro da Economia, Paulo Guedes, foi identificada no celular de um dos suspeitos.

O presidente se manifestou e disse não se preocupar com a invasão, já que questões estratégicas de seu governo não são compartilhadas por telefone.

Como funcionava a invasão

Para ter acesso à versão web do Telegram, o usuário recebe um código de acesso por meio de ligação telefônica. O código fica gravado na caixa postal do usuário, caso o telefonema não seja atendido.

De acordo com as investigações, o grupo fazia ligações para o número alvo para que a linha ficasse ocupada e o código fosse enviado à caixa postal, a qual teriam acesso.

Ainda segundo a Polícia Federal, cerca de 1 mil diferentes números telefônicos foram alvos de invasões semelhantes.

Diário do Poder


EmoticonEmoticon